apreensão crítica da cidade contemporânea

Reúne estudos críticos à espetacularização urbana contemporânea que desviam pelas micro-resistências urbanas e outros modos não-planejados de apropriação do espaço urbano. Questiona-se o papel do arquiteto-urbanista assim como do campo disciplinar do urbanismo enquanto um saber/poder consensual. Várias categorias são assim tensionadas: formal/informal, planejado/não-planejado, projeto/cartografia etc, buscando-se uma abertura do campo do urbanismo através de outras possibilidades de compreensão e ação urbana como: o jogo, o profano, o opaco, o comum, o cotidiano, o micro, o processual, o movimento, o momentâneo, o errante etc. Seu objetivo geral é buscar outras formas de apreensão dos espaços urbanos/públicos contemporâneos.

Coordenação da linha de pesquisa: Thais Portela

site relacionado
Pesquisa PRONEM – FAPESB/CNPq