Mestrado

Arquitetura invisível: a “casificação” do espaço público pelo morador de rua

Marcos Olegário Pessoa Gondim de Matos

2006

Trata-se de um estudo teórico-prático desenvolvido ao longo do curso de Mestrado em Artes visuais. A pesquisa é estruturada em torno do envolvimento estético com o comportamento do espaço público numa metrópole contemporânea, suas experiências cotidianas, intensidades e afetos levando-se em conta as movimentações do morador de rua e suas ações na esfera pública. Tendo como base conceitos deleuzianos, o trabalho prático tenta trazer a tona uma arquitetura invisível e ambulante construída a partir das atividades do morador de rua num território/trajeto urbano, conflituoso e instável onde a instrumentalização efêmera destes espaços por parte deste personagem ainda revela uma fronteira extremamente frágil e volátil entre a esfera pública e a esfera privada.


Palavras-chave: Espaço. Intensidades. Morador de rua. Arquitetura. Ambulante. Território.


Orientadora

Paola Berenstein Jacques


Baixe aqui