Pesquisa Coletiva

L’Aseptisation des Ambiances Pietonnes au XXIe Siecle: entre Plasticité et Passivité des Corps en Marche

Assepsia dos ambientes pedestres no século XXI: entre passividade e plasticidade do corpo em movimento

Coordenação (Equipe UFBA): Paola Berenstein Jacques

Preocupações ambientais em jogo no século XXI modificaram significativamente as ambiências dos espaços pedestres nas cidades. Na Europa e no continente americano, a popularidade da caminhada é acompanhada por um alisamento homogeinizador da cidade e de uma padronização dos mobiliários urbanos, o que nos faz questionar se eles não seriam a causa de nova estética urbana. Nas sociedades emergentes, o retorno dos enunciados higienistas é acompanhado por medidas explicitas de pacificação da vida pública. Cada vez mais estas intervenções produzem novos jogos de ambiências que conhecemos, desde o trabalho precursor de Georg Simmel (1903), Siegfried Kracauer (1926) ou ainda Walter Benjamin (1936), seus impactos sobre as sensibilidades e as sociabilidades de uma época, as práticas urbanas e as relações com o ambiente. Num momento em que a figura do pedestre é levantada como um trunfo da cidade dita sustentável, é interessante questionar as mudanças na experiência ordinária de pedestres resultantes dessa nova estética. De quais variações sensíveis estas dinâmicas procedem? Que estados sensíveis elas geram? Cruzando os pontos de vista de pesquisadores de diferentes disciplinas (arquitetura, sociologia, dança, geografia) em três países (França, Brasil, Canadá), e envolvendo-os em uma abordagem metodológica inovadora (fazer corpo –ganhar corpo – dar corpo), que tentamos revelar a dimensão processual da relação entre ambiências urbanas e corpos em movimento.

Financiamento

Edital PIRVE/CNRS 2009 (Programme Ville et Environnement – Centre National de la Recherche Scientifique – França – e Governo de Québec – Canadá)

Período

2009-2010

Equipe

Responsable scientifique: Rachel Thomas – CRESSON/CNRS UMR 1563 ENSA de Grenoble
Responsables associées:
Paola Berenstein Jacques – Laboratório Urbano – PPG-AU/FAUFBA
Sylvie Miaux – Centre Léa Roback/Université de Montreal

Equipe França (Grenoble)
Rachel Thomas
Suzel Balez
Gabriel Berube
Aurore Bonnet

Equipe Brasil (Salvador)
Paola Berenstein Jacques
Fabiana Dultra Britto
Francisco de Assis Costa
Mestrandos: Clara Passaro, Thiago Costa
Doutorandos: Eduardo Rocha, Priscila Lolata

Equipe Canadá (Montreal)
Sylvie Miaux
Lise Gauvin
Paul Lewis

Relatório final da pesquisa PIRVE/CNRS