Artigo

Uma aproximação cartográfica: interações entre espetáculo e resistência no caso do Forte de Santo Antônio além do Carmo

Carolina Ferreira da Fonseca

Anais do II Urbicentros, Maceió, 2011

As idéias em jogo neste artigo relacionam: um território – o Forte de Santo Antônio Além do Carmo, uma prática – a capoeira, e uma ação – cartografar. Trata-se de uma leitura na perspectiva cartográfica, das interações entre espetáculo e resistência e entre luminosidade e opacidade nos domínios da capoeira, do Forte e da cidade de Salvador. Esboça-se, inicialmente, as estratégias metodológicas adotadas: a narrativa, o trajeto e o jogo e, em seguida, aproxima-se destas interações no trajeto Praça da Sé > Carmo (passando pelo Pelourinho). Por fim, analisa-se as falas de alguns interlocutores da pesquisa de campo retomando passagens do trajeto e da problemática urbana referente aos processos de espetacularização da cidade contemporânea.


ARTIGO COMPLETO

Baixe aqui