Artigo

Utopografias

Adriana Caúla

Anais do I ENANPARQ, Rio de Janeiro, 2010

O trabalho consiste numa investigação sobre a utopia, mais especificamente sobre as utopias urbanas e suas imagens em três campos da arte: urbanismo, hq’s e o cinema. A aproximação das utopias urbanas criadas pelos três campos é tomada como um direcionamento para a compreensão da reflexão sobre a cidade e toda sua complexidade, ampliando o pensamento urbano numa tentativa de contribuir para a intensificação das trocas, dos debates, das aberturas. A pesquisa toma estes outros lugares como importantes instrumentos de reflexão, parte de um processo crítico que se utiliza da lateralidade, da invenção livre de formas, da variabilidade de enfoques, meios e modos de expressão para pensar sobre a cidade. A pesquisa segue um percurso associado à criação de imagens nos três campos em questão e toma a utopia como uma forma de pensar que perpassa vários campos do conhecimento. Este trabalho busca outras entradas e saídas do pensamento sobre as cidades através da criação de utopias urbanas. É percebido um movimento de ida e vinda de idéias, teorias e imagens que não reconhecem limites e intenta-se mostrar como existem ligações, conexões, aproximações e trocas pouco exploradas. Seguindo este movimento busca-se por conexões e articulações entre as diferentes produções criando uma cartografia das imagens das utopias urbanas mostrando-as como um entrelaçamento simultâneo independente do campo de produção e evidenciando assim a circulação e a influência entre campos distintos num esforço de seguir um pensamento por imagens. Criamos uma cartografia das utopias urbanas, uma utopografia, encarando a criação das utopias como um fluxo, um jogo inventivo e dinâmico que envolve vários campos de saber, outras formas de pensar e criar.


ARTIGO COMPLETO

Acesse aqui